galeria post recente

4 Dia internacional das vítimas de agressão infantil.

Triste é ter que existir um dia assim para as pessoas refletirem ....





Quando falamos em violência, vem a nossa mente a violência física o sexual, mas de acordo com a ONU existem quatro tipos e violência, seriam : Abusos físicos , sexuais, psicológicos e negligência...

Por mas chocante e triste que pareça, a violência está muitas vezes dentro de casa, e entre as principais são elas : espancamento, encarceramento, afogamento, queimadura , envenenamento e abuso sexual. 

Conhecemos casos famosos de crianças brutalmente espancadas até a morte, seja em qualquer classe social, como o exemplo da procuradora aposentada que torturou uma criança de dois anos , ou como o caso da menina Joana que foi torturada até a morte após ser encontrada com pés e mãos amarradas e suja de fezes e urina de dias. Claro que a pobreza é relevante quando falamos do trabalho infantil. Uma pesquisa da ONU de 2018 aponta que 2,5 milhões de crianças e adolescentes, vivam em  realidade de trabalho infantil só aqui no Brasil.

Ainda sobre o Brasil , uma média de 18  mil crianças são vítimas dessa violência diariamente. Dados da UNICEF mostram que morre uma criança queimada, espancada, torturada pelos próprios pais ou responsáveis. Ainda de acordo com estudos, 70% as agressões físicas são praticadas pela mãe, enquanto o abuso sexual geralmente é praticado pelo pai ou padrasto.

Muitas são as " causas" que levam os responsáveis a fazerem isso,entre elas estão: Fanatismo religioso, herança cultural, cansaço, problemas psicológicos e psiquiátricos não tratados, alcoolismo e projeção do cansaço e de problemas pessoais.


Muitas crianças que são agredidas, promovem a autoagressão por achar que são causadoras desse problema. E outras já transmitem essa agressão entre os colegas de classe.

Diferenças entre as violências e agressões

Negligência:
É privar a criança de algo essencial para seu crescimento saudável e sadio.


Abuso sexual:

Utilizar do corpo ou membro da criança para pratica de qualquer ato sexual, coagindo a vítima física emocional ou psicologicamente.


Violência física :

Qualquer forma de machucar ou ferir a criança.

Violência psicológica:

Violência no qual são por meio de mando árbitro, agressões verbais,chantagens, ameaças,humilhação , desvalorização, rejeição, isolamento, exigência de comportamentos acima da capacidades entre outros que visam  diminuir a criança.


Dados:



Caso você veja algum tipo de violência citado acima, não deixe de denunciar. A denuncia é anonima e você com certeza pode salvar vidas. Disque 100 para saber como proceder.

Espero que tenham gostado do post e ele me ajudou a refletir que um simples apelido (dependendo das intenções)  não é insensivo e pode sim deixar marcas.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

© Blog Recanto da pretinha - 2017 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Renata Massa | Tecnologia do Blogger.
imagem-logo